Gravata cortada, diversão garantida

Como toda boa brincadeira, cortar a gravata no casamento é divertido e ao mesmo tempo de bom proveito. Alguns noivos resistem um pouco a essa prática por acharem indelicada para com os convidados que já presentearam o casal. No entanto, se for bem executada, a ideia pode divertir até aqueles que não estão dispostos a contribuir.

Como manda a tradição, um grupo de amigos do noivo desfila pelo salão “vendendo” pedaços de gravata entre os convidados. Qualquer quantia é válida e alguns costumam variar o tamanho do pedaço de pano conforme o valor da contribuição. A melhor parte é que além de ser mais um item de animação da festa, a brincadeira pode ser pode ser bem lucrativa para o casal. Alguns noivos conseguem, inclusive, pagar todas as despesas da lua de mel com o dinheiro arrecadado.

Uma boa dica para que a brincadeira seja agradável é escolher pessoas animadas e comunicativas para executá-la. Não adianta chamar um amigo tímido e introvertido, já que a proposta é brincar. Uma vez que todo movimento é feito de uma forma bem descontraída, todos entram no clima e se sentem muito à vontade para participar ou escapar e não fica deselegante.

Bebel Tostes

RR_131213_1369 editada

Casamento Rafaella e Rafael

 

Marie Castro
Jornalista, e como tal, sempre curiosa e atrás de boas histórias. No meu trabalho encontrei as mais belas histórias de amor contadas através da fotografia, e a cada dia me delicio na arte das palavras e das imagens.
0
Comentários