Lua de Mel – Gramado

15542064_10211065065960760_5987262097521356722_n

Quando comecei a escrever, pensei logo, por que chamamos de Lua de Mel, a viagem dos recém-casados?

Uma das explicações para a origem da expressão que encontrei foi: “A expressão vem do inglês honeymoon. Na Irlanda, na Idade Média, os jovens recém-casados tinham o costume de tomar uma bebida fermentada chamada mead – ou hidromel, composta de água, mel, malte, levedo, entre outros ingredientes. O mel era considerado uma fonte de vida, com propriedades afrodisíacas. A bebida deveria ser consumida durante um mês (ou uma lua). Por essa razão, esse período passou a ser chamado de ‘lua de mel’”.

Vi também que uma das primeiras referências a uma lua de mel está em Deuteronômio 24:5: “Se um homem tiver se casado recentemente, não será enviado à guerra, nem assumirá nenhum compromisso público. Durante um ano estará livre para ficar em casa e fazer feliz à mulher com quem se casou.”

Enfim, “lua de mel” simplesmente descreve o período logo após o casamento, quando as coisas estão na sua fase mais encantadora.. E existem várias definições sobre a origem, mas o principal é saber que é o sonho de todo casal. Um momento único para curtir um ao outro, longe de tudo.

Quando decidimos nos casar, fizemos uma lista de tudo que deveríamos providenciar. E depois de decidirmos, data e local, a prioridade foi, onde vamos passar nossa lua de mel? E sempre que conversávamos sobre o assunto, a conversa e os sonhos se estendiam. Fazia com que esquecêssemos um pouco todas as preocupações que já estávamos tendo com o casamento.

Não foi difícil escolher o lugar, já que eu e meu esposo já sabíamos que não queríamos o litoral. Achávamos que um local tranquilo e menor seria o ideal. Nosso pensamento era sempre o mesmo: ter um momento para nós.

E depois de algum tempo, escolha feita. (Tenho que admitir que a escolha foi do noivo rs…) Nosso destino: Gramado! E na sua época mais linda.. o Natal! Natal Luz!

Sendo assim, comecei a interessar em saber um pouco mais sobre Gramado. E isso ajudou bastante. Desde a roupa que deveria levar até os passeios que deveríamos fazer.

O que ajudou muito também foi a agência de turismo que contratamos. Além, de ótimas dicas, nos ajudou na hora da escolha do hotel. Afinal, queríamos um local aconchegante, confortável, bonito como nossos sonhos. Mas, que não fosse num valor exorbitante. Mas, seria ali, nossas primeiras noites depois de casados, seria ali, que teríamos nossos momentos de amor como marido e mulher.

Encontramos esse recanto. Um hotel com a nossa cara. Um cantinho muito aconchegante. Pessoas acolhedoras e muito alegres. O quarto tinha uma vista linda. Pela janela podíamos avistar parte do centro da cidade. Isso também é um ponto importante.. Escolhemos um local que tivesse uma boa localização.

Gramado tem um charme muito especial. O clima frio, as hortênsias, a arquitetura do local dá um toque espetacular na cidade.Ficamos encantados com tudo.

Adorei o passeio na Maria Fumaça. Imagine você dentro de um trem e de repente, aparecem cantores, sanfona e transforma tudo numa alegria contagiante. Fiquei maravilhada de ver como todos se interagiram, se contagiaram com a música e a simpatia do povo do lugar.

Outro passeio que me tirou o fôlego foi ao Vale dos Vinhedos. As visitas às vinícolas, além de interessantes, são deliciosas. A degustação dos vinhos no local de sua fabricação parece dar um sabor especial (ou será por que eu estava em lua de mel? rs). A paisagem do vale é belíssima. Dá vontade de ficar parado e não cabe aqui o que a gente sente.

Como casamos em dezembro, encontramos a cidade pronta para o Natal Luz. Gramado se transforma em uma cidade mágica para a temporada de Natal.Os artistas interpretam com muita emoção momentos do nascimento de Jesus. Me emocionei muito com o espetáculo “Eu sou Maria”.

Uma coisa que achei fantástico em nossa viagem é que descobrimos que podemos nos divertir a dois. Rimos muito, visitamos locais diferentes, conversamos muito sobre tudo que íamos descobrindo juntos e claro, namoramos muito também.

E foi nesse lugar, que vivemos nossos primeiros dias de casados.Viagem que ficará inesquecível!Já chegamos com saudades e vontade de voltar. E quando queremos voltar, nos dá a certeza que nossa Lua de Mel foi uma doçura. E nem tomamos a água adoçada com mel rsrs Ah… mas comemos muito chocolates.

15356521_10211043676946048_7361220052471129777_n

Ana Clara Aubin