Vida a dois, um caminho de aperfeiçoamento mútuo

O que acontece quando duas pessoas imperfeitas se unem? Enquanto refletia sobre este post, encontrei essa bela ilustração no livro “O significado do casamento” de Tim Keller. O autor disse que seu colega de seminário costumava comparar o casamento a um tambor de polimento para pedras preciosas. As pedras quando colocadas neste tambor se atritam, e uma pedra causa o polimento nas arestas da outra. Mas, para que essas pedras tenham um contato criativo e construtivo, elas precisam de um composto especial de polimento. Sem este composto, as pedras se atritam de forma incorreta, causando rachaduras, podendo cada uma até se despedaçar.

Nós cristãos acreditamos que este composto que todo casamento precisa é a graça de Deus, que é um favor (perdão) que não merecemos. Um casamento sem este perdão é impossível de continuar de maneira saudável. Eu e meu marido, mesmo com pouco tempo de casamento, já experimentamos o poder do perdão, que faz com que o amor e a verdade andem juntas numa união conjugal. A verdade aperfeiçoa e o amor mantém a integridade da relação. Um não pode vir sem o outro. A verdade sem o amor fere. E o amor sem a verdade ilude.

À medida que desenvolvemos nossa intimidade na vida a dois, mais evidente algumas “arestas” se tornam. E é preciso ter o “composto do polimento” sempre presente para que sejamos aperfeiçoados de forma harmoniosa e saudável. Eu e meu marido, em estágios de polimento, sempre nos voltamos para Deus. Pedimos ajuda a ele para nos aperfeiçoar sem causarmos rachaduras graves um no outro. E perdoando um ao outro assim como Deus nos perdoa, experimentamos a alegria e a restauração que o perdão dá. Essa alegria do aperfeiçoamento mútuo com perdão é super valiosa em nosso casamento. Ela tira o fardo, apaga o passado e nos faz olhar com esperança para o futuro.

No post anterior, eu terminei dizendo que o casamento nos aproxima de Deus. E cada dia mais, isso é uma verdade em nossa vida conjugal. Conviver tão intimamente com uma pessoa ao seu lado, digo, a pessoa que sabe mais de você nessa face da terra, certamente te aperfeiçoa de uma forma tão sublime que te leva mais para perto de Deus. Acreditamos que a intenção de Deus em nos aperfeiçoar através do casamento é mesmo essa, que sejamos mais parecidos com Ele.

Enquanto caminhamos juntos para o Ano Novo, pedimos a Deus que não nos deixe faltar o “composto de polimento”. Que a verdade e o amor andem de mãos dadas. E que o perdão seja sempre o ponto onde tudo se faz novo! Feliz Ano Novo!
MB_141031_00307 blog

Andresa Marinho Buzelli
Andresa casou-se com Carlos em Agosto de 2012. Logo após o casamento, eles foram viver os desafios e as alegrias da vida a dois lá em Toronto no Canadá, onde Andresa faz seu doutorado. Andresa e Carlos estão engatinhando na vida a dois e decidiram compartilhar seus primeiros passos aqui com a gente.
0
Comentários